Inhame

Liloripédia

    O Inhame, tubérculo muito consumido principalmente na região Nordeste do país, além de ser um grande contributo econômico, fornece diversos benefícios nutricionais. É uma planta originária de zonas tropicais da Ásia e Oeste da África, introduzida no Brasil pelos colonizadores.

    Esse tubérculo é um alimento energético de alto valor nutritivo, e com um bom teor proteico, quando comparado com outros da mesma espécie. Além de ser rico em carboidratos, também possui vitaminas do complexo B (importante no crescimento das crianças e no sistema imunológico), vitamina A, ácido ascórbico (vitamina C), fibras, cálcio, ferro, fósforo.

    Seu consumo regular pode ser muito vantajoso, pois potencializa os efeitos de seus nutrientes na homesostase corporal, ou seja, na manutenção do equilíbrio corporal, melhorando funções biológicas, sistemas de defesa, acuidade visual, formação óssea, dentre outras.

    Uma forma alternativa de usufruir dos benefícios nutricionais do inhame é consumindo os produtos feitos à base de sua farinha, como por exemplo, na panificação. Esses produtos são ótimas opções para alimentos sem glúten, possuem alta aceitação e agregam os benefícios do inhame.

    Sua utilização na culinária é bem vasta, podendo ser utilizado em sucos, preparações salgados, saladas, sobremesas, bolos e como farinha, basta usar a criatividade e criar formas diferentes e saborosas de utilizar esse alimento.

 

Andrezza Botelho da Silva 

Graduada pela Universidade Federal do estado do RJ Uni Rio e termino na universidade Anhembi Morumbi - SP // Pós graduada em Nutrição Clínica Funcional em 2003 pelo Centro Valeria Paschoal // Especialista em Transtornos Alimentares pela Unifesp departamento de psiquiatria PROATA // Pós graduada em Estética Avançada e Cosmetologia pela Universidade Anhembi Morumbi // Pós graduada em Fitoterapia Integrativa em Nutrição pela Faculdade FAMATEC // Professora da Pós Graduação da UNIP - RN // Membro do Instituto de Nutrição Clínica Funcional